Uma lição de vida


                                                 Capitulo um
Eloá estava saindo da sua primeira aula no curso de engenharia, a primeira aula foi mais de apresentação mesmo, então não demorou muito. Estava saindo apressada para poder se encontrar com Bernado seu namorado, bom namorado entre aspas  porque ninguém sabia desse namoro , e seus pais eram totalmente contra, pois pra eles Bernado não era o rapaz certo para Eloá. Mas ela não estava lingando pra opinião deles  , pois amava Bernado e não ia deixar ninguém acabar com isso, principalmente hoje que iria se entregar de corpo e alma pro amor de sua, depois de 6 meses de "namoro" tinha chegado o grande dia!, suas amigas zombavam dela pois tinha 19 anos e ainda era virgem, coisa que nos dias atuais era inacreditável.
       Eloá avistou Bernado de longe encostado em um poste a sua espera, seu coração batia descompassado,como o amava finalmente tinha encontrado o amor que todos falavam e ela nunca tinha sentido por ninguém,  claro que já gostou de vários garotos mais amor de verdade, só passou a sentir depois de conhecer Bernado, agora se sentia completa e tinha certeza de que ele a amava também, pois veio dele a ideia de que se eles se amavam já estava na hora de consumar esse amor. E depois desse dia ela não pensava em outra coisa. Atravessou a rua e caminhou em direção a ele, foi recebida com muitos beijos, já sentia um calor estranho a envolver,  será que era uma demostração do que estava por vim? se fosse, tava adorando.
-- Você ta linda hoje.
-- Obrigada, então pra onde vamos? -Peguntou ansiosa.   -- É uma surpresa, mas você vai gosta.
Caminharam em direção a um apartamento, Bernado entrou, cumprimentou o porteiro e os dois entram no elevado, e subiram ao 5º andar, Eloá não conhecia aquele prédio, sabia que não era onde Bernado morava pois já havia  ido na casa dele outro dia. chegando ao quinto andar pararam enfrente a uma porta, pensou que Bernado iria tocar a campainha, mas ele tirou uma chave do bolso e abriu porta, afinal de quem era aquele apartamento? quando entraram teve certeza de que pela desordem do lugar, o apartamento  era de um homem. Bernado a abraçou por traz, e começou a depositar beijos em seu pescoço, orelha, fazendo todos os seus pelos se arrepiarem, era maravilhoso, ficou de frente pra ele e começou a beija-lo, aos beijos Bernado foi levando-a  a um quarto, Eloá não prestou  atenção no quarto, pois sua cabeça girava  de paixão, Bernado a deitou na cama, e começou a tirar sua roupa e a dele, em instantes estavam  nus, Eloá se entregou sem reservas, experimentou sensações que nunca tinha conhecido.
   Algumas horas depois estava deitada com a cabeça no peito de Bernado, e percebeu na euforia do momento Bernado não usou preservativo, mas isso não importava, ninguém ficava gravida na primeira transa, e se ficasse tinha certeza que Bernado  a sumiria a criança e seria um ótimo pai, ele tinha sido incrível, sabia que já tinha tido sua primeira vez com outra, mas não importava, estava feliz por ter sido ele que a fez mulher de verdade, ficaram conversando por algum tempo até que acabou dormindo. Quando acordou olhou pela janela e viu que já estava anoitecendo, levantou rapidamente, começou a recolher as suas roupas do chão, tinha deixado seu celular desligado, e agora com certeza os seus pais ja estavam querendo saber onde ela estava, precisava ir logo pra casa, vestiu a roupa rapidamente, deu um  beijo apaixonado e saiu prometendo ligar pra ele assim que as coias acalmasse . Chegando em casa Eloá ja encontrou sua mãe sentada no sofá e seu pai em pé com um copo de wisky na mão,  olhando-a muito serio.
 --- A onde você tava? -perguntou seu pai sem alterar  a voz
--- Sai coma umas amigas depois da aula, por que não posso? Afinal eu sou maior de idade, não tenho que dar satisfação de nada do que eu faço, pai. 
 --Ah é - falou seu pai nervoso -- Pois enquanto você estiver morando embaixo do meu teto, comendo da comida que eu coloco em casa, usando as roupas, sapatos, comprinhas no shopping , fazendo faculdade, tudo com o meu dinheiro, você tem que me da satisfação de tudo que faça, tudo foi bem claro?!!!! --- Eu sei exatamente com quem você tava, e vou falar pela ultima vez, não quero você com aquele vagabundo, quero você longe dele, nem que pra isso eu tenha que ti mandar pra outro país.
--Não pai, você não vai me impedir de ficar com o Bernado, e ele não é nenhum vagabundo, eu vou ficar com ele você e a mamãe querendo ou não, mesmo que isso signifique que eu tenha que sair dessa casa. --Eloá estava decidida a ficar com Bernado.
--Então você quer ir embora? larga tudo, pra ficar com esse cara que não vai ti dar futuro nenhum? é isso?
-- É pai, ou você aceita o meu namoro com ele, ou vou embora daqui.
--Então trate de pegar suas coisas e ir embora daqui porque eu nunca vou aceitar isso.
--Não Robert não faz isso, ela é nossa filha -- disse a mãe de Eloá desesperada.
-- Foi ela que escolheu isso, não eu.


                Meninas logo logo, Capitulo dois de Uma lição de vida. bjssssssss
Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Adoreiiiii,continue assim,pois quero saber o resto ...rsrsrsrsbjs sucesso

    ResponderExcluir
  2. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei posta logo o segundo capitulo *-*

    ResponderExcluir
  3. que bom que gostaram meninas, o segundo capitulo vai ser bem legal e emocionante. bjocasssssssssssssss

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, seu comentário sera publicado assim que for aprovado. Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...