Oque uma gravida pode e não pode comer

Ola meninas tudo bem? seguido a dica da minha leitora lucieny Dias vim trazer esse post falando oque a gestante pode e não deve comer  durante a gestação, Obrigada Lu, beijos querida.

Os tipos de alimentos que uma gestante deve consumir

A gestante não deve comer por dois, mas consumir pelos dois os nutrientes essenciais para a saúde da mamãe e do bebê. A palavra-chave é qualidade, não é quantidade.

Há sempre muitas dúvidas em relação à alimentação das mamães que acabam de saber que estão grávidas. Isso é normal, afinal a mãe quer gerar um filho lindo, maravilhoso e saudável. Saiba que não há uma formula mágica de “alimentação para gestante”. Existe sim muitas dicas preciosas para uma alimentação saudável durante toda a gravidez.
Lembrando que cada mamãe tem um organismo e só o seu médico ou um nutricionista poderá recomendar uma dieta específica. Portanto, o que vale para a Maria pode não valer para a Fernanda.
Vamos deixar claro que a gravidez não é o momento de comer tudo o que quer e a hora que quiser. A frase “agora tenho que comer por dois porque estou grávida” não é válida. Tá bom, sabemos que a fome aumenta. Se controle, mulher!!
Diria que a melhor frase seria “agora tenho que comer pelos dois”, garantindo assim saúde para a mamãe e completo desenvolvimento do bebê. Geralmente, a mulher deve aumentar a ingestão de apenas 200 calorias após o segundo trimestre.
Durante toda a gravidez, a mulher deve comer a cada três horas. Os especialistas recomendam uma alimentação bastante variada e colorida, incluindo seis porções diárias de pães e cereais, de preferência integrais, cinco de frutas e três a quatro porções de legumes e verduras. Além disso, carnes, leite e derivados, sempre variando para assim obter os mais variados minerais e vitaminas que mamãe e bebê precisam. Não se esquecendo de beber pelo menos dois litros de água por dia.
O primeiro trimestre é marcado por um aumento da frequência cardíaca e volume do sangue da mamãe, fase importante de desenvolvimento de partes vitais do bebê, como o sistema nervoso. Nessa fase, a ingestão de ferro, ácido fólico e líquidos são interessantes. Isso não quer dizer que esses componentes são importantes só nessa fase, eles têm que fazer parte de toda a gestação.
A mamãe tendo uma noção do valor de cada nutriente poderá montar pratos de acordo com o seu paladar e com a etapa da gravidez. Pegue a agendinha e anote alguns exemplos.
FERRO: encontrado em carnes, fígado, ovos, feijão e verduras (espinafre, por exemplo). Para melhor absorção do ferro pelo organismo, consuma na mesma refeição alimentos ricos em vitamina C, como frutas cítricas e tomate, e evite alimentos ricos em cálcio, como leite e seus derivados, que diminuem a absorção.
ÁCIDO FÓLICO: encontrado em vegetais verde escuros (espinafre, couve, brócolis), cereais e frutas cítricas. O cozimento pelo microondas e altas temperaturas destroem o ácido fólico. Prefira cozinhar no vapor. Já a partir do segundo trimestre de gestação, é hora de se reforçar a ingestão de vitaminas C (age na formação do colágeno – pele, vasos sanguíneos, ossos e cartilagem, além de fortalecer o sistema imunológico da mamãe) e B6 (importante para o crescimento e o ganho de peso do feto e a prevenção da depressão pós-parto) e do mineral e magnésio (favorece a formação e o crescimento dos tecidos do corpo).
VITAMINA C: encontrada nas frutas como kiwi, laranja, morango, melão, melancia, mamão, abacaxi e nas hortaliça (brócolis, pimentões, tomate, couve-flor).
B6: encontrada no trigo, milho, fígado, frango, peixe, leite e derivados, leveduras
MAGNÉSIO: encontrada nas nozes, soja, cacau, frutos do mar, cereais integrais, feijões e ervilhas.
O cálcio e a vitamina D devem ser reforçados no terceiro trimestre, já que o bebê começa a esgotar a reserva da mamãe. O bebê precisa para a sua formação óssea (dentes e ossos). Além disso, auxilia na contração muscular e batimentos cardíacos. Já a mamãe precisa para manter as unhas fortes, os dentes sem cáries, evitar gengivite e câimbras, além de ajudar na produção de leite após o parto.
CÁLCIO: encontrado em leites e derivados, bebidas de soja, tofu, gema de ovo e cereais integrais.
VITAMINA D: encontrada em leite enriquecido, manteiga, ovos e fígado. O banho de sol é essencial para que essa vitamina auxilie na fixação do cálcio nos ossos.
Esses não são os únicos nutrientes que mamãe e bebê precisam durante toda a gravidez. Outros importantes são:
CARBOIDRATOS: fornecem energia para a mamãe e para o desenvolvimento do bebê. Os melhores são os integrais: arroz, pães, macarrão e cereais que são absorvidos mais lentamente e por isso saciam mais a mamãe.
PROTEÍNAS: encontradas em carnes, feijão, leite e derivados. São responsáveis por construir, manter e renovar os tecidos de mamãe e bebê.
LIPÍDEOS: são as gorduras que auxiliam na formação do sistema nervoso central do feto. Encontrados mais em carnes, leite e derivados, abacate, azeite e salmão.
VITAMINA A: ajuda no desenvolvimento celular e ósseo e a formação do broto dentário do feto e na imunidade da gestante. É encontrada no leite e derivados, gema de ovo, fígado, laranja, mamão, couve e vegetais amarelos.
NIACINA (VITAMINA B3): transforma a glicose em energia, mantendo a vitalidade das células maternas e fetais e estimula o desenvolvimento cerebral do feto. É encontrada em verduras, legumes, gema de ovo, carne magra, leite e derivados.
TIAMINA (B1): também estimula o metabolismo energético da mamãe. É encontrada em carnes, cereais integrais, frutas, ovos, legumes e leveduras.
    Alimentos que a gestante deve evitar durante a gestação
1.Mamão verde:
O Mamão papaia contém vitaminas e nutrientes. Esta é a fonte de vitamina A e b-caroteno, que são utilizados para o crescimento materno-fetal. Mas um mamão verde ou um mamão semi-maduro é não deve ser consumido por mulheres grávidas, já que contém uma enzima chamada látex. Este látex leva a contrações uterinas e após aborto espontâneo.
Um mamão verde age como a ocitocina ou prostaglandinas, que são a inicializa para o trabalho corporal enzimas. È importante falar que um fruto maduro ajuda contra a prisão de ventre e queimadura calor.

2. Maça Verde:
É bom evitar maçãs verdes durante a gravidez. Estimula o útero e pode levar ao aborto. Segundo pesquisadores Maçã verde é mais acida que a tradicional vermelha, com isso o ácido, doce ou amargo desse pode sim levar a parto prematuro. Suco de maçã não pasteurizado ou suco de maçã natural também é restrito.
3. Abacaxi:
Abacaxi é um fruto saboroso com várias vitaminas e minerais. Ele contém enzima bromelina que se contrai uterino e também pode causar problemas alérgicos.
È importante evitar o abacaxi durante os três primeiros meses de gravidez.

4. Peixes:
Pratos crus ou cozidos de peixe devem ser evitados. Pratos de ostras cruas, mariscos e mexilhões devem ser mantidos longe da mulher grávida. Estas substâncias, uma vez cozido mata as toxinas em si, mas as toxinas naturais que estão presentes neste peixes não pode ser combatidos pelo sistema imunológico de uma gravida.

5.Pessego:
Pêssego usando para aumentar a temperatura do corpo, isso pode acontecer durante uma hemorragia por exemplo. A casca do fruto cabeludo irrita o estômago e garganta.

6.Amendoim:
Amendoins podem causar doenças alérgicas para o feto. A ingestão prolongada durante a gravidez também pode causar doenças alérgicas para criança durante a infância.
Um beijo e fiquem com Papai do céu
Comentários
4 Comentários

4 comentários :

  1. Amei obrigada flor amei :D
    pois geralmente os médicos em tope a gestante de remédio e isso não é legal não e mesmo?
    realmente essa frase comer por dois ouvi muito quando estava gravida e olha só o que aconteceu neh ... Mas é vivendo e aprendendo flor tenho certeza quando for da vontade vou ter um baby e seguirei ao pé da letra as suas dicas ... se antes de ter ja tooh interessada imagina durante e depois em rsrsr... Daia vai ter trabalho rsrsr... o bom tbm é fazer habito antes tbm neh de engravidar ?
    super beijão

    o blog esta de cara nova 5° feira ele estará prontinho :D
    http://lucienydias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu tbm ouvi muito essa kkk, mas realmente a alimentação da gestante na gestação tem que ser bem equilibrada. Beijoss querida

      Excluir
  2. eu tinha muito cuidado
    amei suas dicas
    pois são muito importante

    `⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ✫¸.•°*”˜”*°•.✫“Nanda
    beijokas
    Maravilhosa Tarde
    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muito importantes mesmo né Nanda, fico feliz que tenha gostado, Beijoss

      Excluir

Obrigada por comentar, seu comentário sera publicado assim que for aprovado. Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...