O que é Episiotomia?

A episiotomia é um corte cirúrgico feito no períneo, a região MUSCULAR que fica entre a vagina e o ânus. O corte é feito durante o parto normal, com a ajuda de uma anestesia local (se a mulher já não estiver anestesiada), para facilitar a passagem da cabeça do bebê. Antigamente esse corte era rotina, pois os médicos afirmam que é mais fácil fechar um corte regular que uma laceração irregular, causada por um "rasgo" natural do tecido na hora em que a cabeça passa. 

Hoje, porém, o obstetra e as enfermeiras obstetrizes tentam evitar esse tipo de procedimento, porque às vezes não há nenhuma laceração, e a mulher tem a chance de voltar para casa sem nenhum ponto na região vaginal (a situação ideal). 

A mudança aconteceu porque pesquisas indicaram que, em alguns casos, a episiotomia provoca dor, incontinência urinária e problemas de cicatrização, sem que haja benefício significativo para a mãe ou para o bebê. Converse com seu obstetra para saber qual é a posição dele em relação à episiotomia. 

Posso pedir ao médico para não fazer a episiotomia?

Se você não quiser passar pela episiotomia, converse com o obstetra numa das consultas do pré-natal. Fale também com a enfermeira obstetriz que estiver atendendo você na maternidade. Ela vai poder ajudá-la a controlar o nascimento para tentar evitar lacerações. Também existem massagens no períneo que você pode ir fazendo antes do parto, para tentar minimizar o risco de o tecido da região rasgar. 

A episiotomia dói?

A maioria das mulheres diz não ter sentido nada na hora da episiotomia. Os tecidos no local estão bem esticados na hora do parto, e é fácil fazer a pequena incisão. Os pontos, porém, podem doer na recuperação. 

Uma dica é usar almofadas especiais para quem tem hemorróidas (com um furo no meio), ou adaptar uma almofada de amamentação ou mesmo uma bóia redonda de criança, para sentar em cima sem pressionar a área afetada. 

Algumas mulheres sentem um pouco de dor por uma ou duas semanas, enquanto outras chegam a ter incômodos por um mês ou mais, dependendo da profundidade do corte na área. Nestes casos, elas podem ter também incontinência de gases ou fezes. 

Procure deixar a região bem limpa, para não correr o risco de uma infecção: 
  • Troque os absorventes sanitários toda vez que for ao banheiro.
  • Quando fizer cocô, limpe de frente para trás, evitando assim introduzir germes do reto para a vagina.
  • Tente não ficar sentada por muitas horas seguidas enquanto o períneo estiver dolorido.


Fonte: Baby Center
Comentários
27 Comentários

27 comentários :

  1. Li seu texto e queria que realmente fosse assim aqui na minha cidade, infelizmente esse procedimento é padrão aqui, e a gestante que não deseja fazê-lo compra uma briga feia! Desejo um dia ler textos como este seu e dizer, realmente hoje, os partos são humanizados e principalmente, os desejos da gestantes são atendidos com carinho e respeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janis realmente existe hospitais que fazem esse procedimento sem a autorizarão paciente, muito ruim isso. Beijosss

      Excluir
  2. Meu parto foi cesárea então não passei por isso mas foi bom saber mais sobre o assunto.
    Beijos
    Adri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dri Meu parto foi normal, mas eu nem sentir na hora que fizeram o procedimento, mas tbm só lei um ponto pq meu bebe nasceu de 8 meses e era bem pequeno. Beijosss

      Excluir
  3. Que nervoso que dá!! Fiz cesarea, mas minha mãe conta que quando a minha irmã nasceu,ela levou uns 20 pontos e foi horrível!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Mel, sua irmã devia ser bem grande tbm né? o meu bebe nasceu de parto normal, mas eu só levei 1 ponto pq ele nasceu pequeno.
      Beijoss

      Excluir
  4. Amiga, meu primeiro parto foi normal e o médico precisou fazer esse procedimento em mim, pois eu não tinha passagem pra minha filha. Não senti nada pois estava anestesiada. Não tive nenhum problema com isso. Depois fui ao hospital para retirada dos pontos e ficou direitinho.
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dulci, eu tbm não tive problema nenhum não, como o meu só foi um ponto, não precisei ir ao hospital pra retirar ele caiu sozinho. O meu único medo era na hora de fazer coco que eu ficava morrendo de medo de estourar o ponto kk.
      Bjs

      Excluir
  5. Pois é, por aqui o procedimento também é meio padrão, para algumas pessoas é horrível para outras é normal. Acho que tudo depende da mão do médico...
    Eu não passei por isso pois fiz cesárea.

    Bjs,
    www.dicasdagi.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Gi realmente tudo depende da mão do medico mesmo, o meu foi feito sem anestesia mas eu não sentir nada, e eu levei só um ponto.
      Beijoss

      Excluir
  6. Tive minha primeira filha de parto normal e tive que passar por esse procedimento e não tive problemas, mas conheço algumas pessoas que tiveram problemas com a cicatrização.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente tem pessoas que não sofre com esse procedimento assim com eu, mas tem outras que já são o contrario. Beijoss

      Excluir
  7. Graças a Deus tiver parto Natural, não precisei da Episio e também não tive dilaceração :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Ramonnielly que bom ne? Minha amiga teve parto natural tbm, mas o dela infelizmente teve dilaceraçao. Beijos

      Excluir
  8. Interessante, e informativo! Não sabia que era esse o nome, o meu foi cesária
    Bjinhos

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só fui saber o nnome na hora do meu parto Vitoria
      Beijos

      Excluir
  9. amiga foi feito em mim na minha primeira gravidez não sabia de muita coisa
    e nada foi me perguntado infelizmente
    assim é a a nossa saúde cada vez pior

    Linda Noite!
    Beijinhos da Nanda
    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente nossa saúde está deixando muito a desejar ne amiga? Bjss

      Excluir
  10. Eu não sabia
    Muito importante todas ficar sabendo dessa informação
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente nem sempre o corte é uma opção.
    Mas é bom as gestantes conhecerem seus direito.
    No meu caso fiz cesárea.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamilly no caso o hospital em que ganhei era particular ai o medico perguntou se eu queria a episiotomia, mas sei que nem todos os hospitais são assim, até mesmo os particulares, eu tive muito sorte pois ele eles levaram em conta minha vontade.
      bjss

      Excluir
  12. Nossa deveria ser opcional sempre!
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Não sabia que tinha essas complicações...
    Pensava em fazer parto normal na próxima gestação e esse corte, a episiotomia precisa ser pensada e conversada com o médico... Achava que fosse mais simples...
    Obrigada pelas dicas.
    Bjs
    Ju.
    Mãe Sem Fronteiras.

    ResponderExcluir
  14. Já vi muitas amigas falarem desse corte e uma até levou mais de 40 pontos pq o bebê era grande demais e foi forçado um parto normal... nossa fiquei passada!!
    Sempre precisamos buscar orientação, ler e procurar o melhor pra nós, bjs

    ResponderExcluir
  15. Nossaaa nunca soube disso .. bom conhecer sobre o assunto!

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  16. Olá, adorei o post!
    Passei pela Episiotomia, na hora não senti nada, mas depois no período da cicatrização foi super incômodo.

    Até hoje as vezes dói um pouco.
    Parabéns pelo post.

    Bjos enormes

    http://amaedadrii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, seu comentário sera publicado assim que for aprovado. Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...