Como economizar na compra do material escolar

Comprar material escolar para os filhos não costuma ser um motivo de alegrias. Além de ser um sinal de que as férias estão acabando, se você não viu nosso post sobre volta as aulas clique Aqui .  O gasto muitas vezes pode gerar um rombo no orçamento familiar, sem contar o tempo necessário para pesquisar preços e ir até as lojas para fazer as compras.
 Reúna toda a família e liste os sonhos que todos querem conquistar durante o ano.Juntos, vejam quanto custará realizar cada um deles e mostre para as crianças que a economia com o material escolar pode ajudar na busca pelos sonhos. Se querem viajar, comprar um computador, uma bola, um Ipad, digam para a criança que uma parte será tirada do material. O ideal é que o sonho seja a prioridade delas.
 
        Entre em contato, por telefone ou e-mail, com os pais de colegas se seus filhos. Se comprarem juntos, podem conseguir bons descontos. Há lojas que reduzem o valor total em 10% quando a soma passa de R$ 1 mil, por exemplo. Elejam um pai ou uma mãe com mais tempo livre – e que possa fazer isso com prazer – para ir à loja escolher os itens. Muitas vezes não é preciso comprar todos os itens da lista de uma só vez, já que diversos materiais serão usados ao longo do ano letivo. Caso exista essa possibilidade, verifique quais produtos deverão ser comprados primeiro,os preços dos materiais escolares tendem a cair no período pós-volta às aulas, então vale a pena considerar essa possibilidade.
 O último passo antes de ir para as lojas é avaliar sua real situação financeira. Se a família tem reservas, o melhor é comprar à vista, na loja, para tentar um desconto extra conversando com o vendedor e com o gerente.
Se o orçamento estiver apertado, o parcelamento sem juros é a opção mais apropriada. Neste caso, pode ser mais interessante comprar pela internet, já que há empresas que vendem livros e materiais com desconto em suas lojas virtuais. Além disso, comprando online é possível economizar tempo e com estacionamento e combustível.
      O grande movimento das lojas pode não ser um lugar apropriado para crianças e sua presença geralmente acaba levando os pais a optarem por produtos mais caros e por vezes desnecessários.
Pesquise na internet onde há mais de um comércio e não vá em bairros de classes muito altas. Estabeleça pelo menos três lojas para ir e busque regiões com muitas delas. Onde tem concorrência, tem preço baixo, produtos de marcas desconhecidas podem ter boa qualidade e um preço mais acessível. Por isso, não compre os materiais levando em conta apenas a “grife”. Verifique a relação custo-benefício antes de tomar a decisão final.
      Escolas não podem pedir itens de uso coletivo em suas listas, como papel higiênico, sabonete, grampos e clipes. Também não é permitido que exijam a compra de marcas e modelos de material em estabelecimentos específicos aos pais.
Bom é isso mamãe, espero ter ajudado. Bjss
Comentários
9 Comentários

9 comentários :

  1. Tudo que é para economizar é bem vindo. Adorei.
    Beijos
    Adri
    www.mamaesfacilidadesedicas.com

    ResponderExcluir
  2. Verdade levar as crianças junto em compras
    tem que manter firmeza se não levamos
    o que não é pra levar

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  3. Olá querida, não conhecia o seu blog.
    Então, aqui é muito prazeroso comprar os materiais escolares e não uma tristeza. Entendo que seja o começo de uma nova etapa e sobre os gastos, é algo que será enqto meu filho tiver na escola.
    Se optei pela escola particular, já sabia dos gastos, certo?
    O que faço para não extrapolar a isso, é comprar numa papelaria de confiança e dar uma pesquisada antes, mas sem estresse. Às vezes a ida e vinda também gasta tanta gasolina que acaba nem compensando! rsrs
    O mais importante, como vc disse, é estar de olho se a lista está dentro da lei, mas escolhendo uma boa escola, isso também dificilmente será um problema.
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas, acabamos gastando demais e toda economia vale bjo

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia seu blog, gostei das dicas. Apesar de que eu nunca fui na dos especialistas de não levar a filha. Por aqui a Ingrid sempre foi. Agora ela já está indo para o penúltimo ano do ensino médio e confesso que todo dinheiro que investi de material escolar valeu a pena. O importante é ver no procon se os itens que a escola está pedindo são permitidos
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Grandes dicas já anotei algumas para quando eu for comprar a lista
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei as dicas! Mas por aqui comprar o material foi uma farra! Gosto muito dessa fase da vida, pois me lembro do quanto eu amava ir as papelarias quando criança, comprar aquele material novinho ahhh saudades!
    Por aqui também não tivemos problemas com a lista, foram pedidos apenas itens que sei que ela realmente vai usar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Boa dicas! Sempre fui bem chata com essas coisas, afinal, quem gosta de sentir-se explorado? Nunca comprei a lista toda de materiais escolares logo de cara. Sempre optei por comprar o indispensável para os primeiros dias e só depois que passava todo esse burburinho de "volta às aulas" é que eu ia de fato comprar tudo. Outra coisa, que a escola dos meus filhos faziam, era devolver tudo que sobrava, assim eu reaproveitava alguns itens. Esse ano estou começando tudo de novo... Caçula indo para escolinha, mas ainda não comprei nadinha rss... As aulas dele só em fevereiro. Beijos querida. Ótimas dicas. Flavia

    ResponderExcluir
  9. Apesar do custo comprar material escolar é uma delícia!!
    Temos q ficar atentos ao preço e fazer cotação
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, seu comentário sera publicado assim que for aprovado. Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...