Descolamento de placenta

Em caso de descolamento da placenta, que é quando surge cólica abdominal forte e sangramento vaginal excessivo após as 20 semanas de gestação, é recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro para fazer um ultrassom e diagnosticar o problema, iniciando o tratamento adequado no hospital.
Placenta normalDescolamento da placenta
O descolamento da placenta, que também pode ser conhecido como placenta abrupta, consiste na separação da placenta do tecido interior do útero e, por isso, é uma situação grave que pode causar complicações tanto na mãe como no bebê, como hemorragia ou parto prematuro, por exemplo.

Tratamento para descolamento da placenta

O tratamento para descolamento da placenta deve ser iniciado o mais rápido possível no hospital e a grávida pode precisar ficar internada, dependendo da gravidade da situação e da semana de gravidez.
Assim, quando o bebê já tem mais de 34 semanas, o obstetra normalmente recomenda antecipar o parto, podendo ser feito parto normal quando o descolamento é pequeno, mas sendo necessário fazer cesárea se o descolamento for mais grave.
Já quando o bebê tem menos de 34 semanas de gestação, a grávida geralmente deve ficar internada para fazer uma avaliação constante até que o sangramento pare e até que os seus sinais vitais e os do bebê estejam estabilizados. Nesse momento, a gestante pode ter alta e regressar a casa, no entanto deve ter alguns cuidados como:
  • Evitar ficar mais de 2 horas de pé, devendo de preferência ficar sentada ou deitada com as pernas ligeiramente elevadas;
  • Não fazer qualquer tipo de esforço como limpar a casa ou cuidar dos filhos;
  • Beber pelo menos 2 litros de água por dia.
Não é possível prevenir o desenvolvimento de descolamento da placenta, no entanto grávidas que já tenham tido descolamento numa gravidez anterior ou que tenham mais de 40 anos, estejam grávidas de gêmeos e tenham pressão alta, apresentam maior risco de ter um descolamento da placenta.

Como saber se é descolamento da placenta

Os principais sintomas do descolamento da placenta incluem:
  • Dor abdominal intensa;
  • Sangramento vaginal;
  • Dor na parte inferior das costas;
  • Contrações uterinas.
Por vezes, o descolamento da placenta e a placenta prévia são confundidos porque ambos podem provocar sangramento vaginal. No entanto, a realização do ultrassom exclui a possibilidade de placenta prévia

Causas do descolamento da placenta

As causas do descolamento da placenta podem ser:
  • Esforço físico intenso;
  • Quedas durante a gravidez;
  • Acidente de carro;
  • Rompimento da bolsa antes da data prevista;
  • Excesso de líquido amniótico;
  • Gravidez de gêmeos ou de mais de 3 bebês;
  • Distúrbio na coagulação do sangue.
Em caso de suspeita de descolamento da placenta, a mulher deve ir imediatamente para o hospital para fazer o diagnóstico e ser orientada quanto ao seu tratamento.
Fonte: (Ginecologista)
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigada por comentar, seu comentário sera publicado assim que for aprovado. Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...